Tem Um Fantasma no Meu Banheiro - Ane Braga

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Dúvidas sobre Poliana - Deidimar Alves Brissi

Eu não entendo Poliana!
Como pode estar sempre contente
Num mundo de guerra e horror,
De miséria e dor de dente.
Você sorri, mas chora, Ana!
Solitária, triste e doente!
Mas para você o mundo é flor
Onde é passiva e não agente.
Vê se não me engana, Poliana!
Fale a verdade, não mente.
Será que tudo isso é amor
Ou na verdade não sente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário